Câncer de Pele

De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA) são diagnosticados 180 mil novos casos de câncer de pele ao ano, sendo que o Câncer de pele é o tipo mais frequente de câncer no Brasil. A boa notícia é que quando descoberto precocemente tem mais de 90% de chance de cura.

 

Na maior parte dos casos está relacionado com uma tendência genética associado a exposição solar em excesso ao longo da vida.

 

Existem 3 principais tipos de câncer de pele relacionados com os tipos de células da epiderme da qual se originam:

 

  • Carcinoma Basocelular: origina-se a partir do crescimento anormal e desorganizado das células basais. É o tipo mais frequente e corresponde a 70% dos casos. Tem crescimento localizado e pode ser curado com a detecção precoce.

 

  • Carcinoma Espinocelular: origina-se a partir das células espinhosas e corresponde a 20% dos casos detectados.

 

  • Melanoma: origina-se a partir dos Melanócitos (células que produzem melanina). É o menos frequente, corresponde a 10% dos casos. Apesar de ter o maior índice de gravidade tem mais de 90% de chance de cura se detectado precocemente.

 

Por isso é de extrema importância o exame periódico realizado pelo médico dermatologista para a detecção precoce das lesões e indicação do tratamento adequado e curativo.