Bioestimuladores

Indicações: flacidez da pele corporal (abdômen, glúteos, coxas, braços, região cervical e colo), celulite.

 

São substâncias injetáveis que estimulam a produção de colágeno pelo nosso organismo trazendo melhora da textura e firmeza da pele sendo um dos principais aliados no tratamento da flacidez.

 

São especialmente indicados para aplicação no terço médio e inferior da face assim como pescoço e região da papada. Estas regiões são as que mais sofrem com a flacidez devido a perda progressiva de colágeno. Os bioestimuladodores podem ser usados já nos primeiros sinais de flacidez que geralmente começa a ser observado entre 30 e 35 anos de idade.

 

A importância do início precoce deste tratamento ocorre porque pacientes mais jovens respondem de maneira mais efetiva por ser um tratamento que depende da resposta do indivíduo.

 

Existem 3 opções no mercado: Hidroxiapatita de cálcio, Ácido poli-lático e caprolactona.

 

São necessárias de 2 a 3 aplicações com intervalos de 30 dias entre cada uma delas. Os resultados são observados gradativamente a partir do segundo mês da primeira aplicação e podem durar até 18 meses. Aplicações anuais podem ser realizadas para manutenção do resultado.

 

Bioestimuladores de colágeno

 

Bioestimuladores de colágeno são substâncias que quando injetadas na pele estimulam a produção de colágeno, devolvendo a firmeza da pele da região tratada, deixando a pele mais firme e elástica e assim diminuindo a flacidez.

 

Existem os bioestimuladores de colágeno compostos por acido L poli lático e os compostos por hidroxiapatita de cálcio.

 

Os bioestimuladores de colágeno são substâncias biocompativeis e biorreabsorviveis que quando aplicados na pele, estimulam profundamente a neocolagenese, responsável pela formação de colágeno novo.

 

A avaliação médica individualizada é de extrema importância para a melhor indicação e resultados com o procedimento.